Canja no Guido

Para encerrar a noite após o festival, o pessoal da organização, jurados e músicos se reuniram no Restaurante do Guido para uma celebração musical improvisando um com ou outro. De repente, um certo Anderson Nobrega e outro Fernando Citro se destacaram com rendições de estilo Choro e Chorinho de qualidade jamais ouvida em Boa Esperança. A destreza e a musicalidade dos dois craques animaram o público estático de presenciar tal exibição de exuberância musical.

Foi uma noite de compatibilidade de genios, com dois talentos que nunca tinham se encontrados antes, trocando notas em harmonia perfeita e delirante. Foi uma noite de certo frio, mais de ambiente super quente, inesquecível...


 

Lido 3316 vezes