Tudo começou com a vontade dos primeiros moradores da região em construírem uma igreja católica. Em 1804, o Padre Cleto e algumas famílias chegaram no povoado. Francisco José da Silva Serrote e José Meireles de Matos, proprietários do Serrote, dos Meireles, do Mombó, das Cardosas, do Leitão e Manoel de Barros, proprietário do Barro, doaram cada um, uma parte de suas terras para o patrimônio do povoado denominado Freguesia do Pântano e iniciaram à construção da Capela de Nossa Senhora da Dores.

Publicado em Boa Esperança - MG

Boa Esperança, nasceu da busca de Ouro pelos Bandeirantes com a descoberta do território em 1795. Em 1869 no dia 15 de outubro, sob a Lei Provincial de 1611, a Vila foi elevada à categoria de Cidade: Dores de Boa Esperança.

Publicado em Boa Esperança - MG